quinta-feira, 10 de março de 2011

Corinthians perde o jogo e a invencibilidade no Paulistão

Na noite desta quarta-feira (09/03) o Corinthians foi derrotado pela Ponte Preta por 1 X 0 no Pacaembu e perdeu sua invencibilidade no campeonato, além de ter sua liderança ameaçada, já que o São Paulo joga hoje contra o Ituano, no Morumbi, às 21:50 e caso vença o time do interior o Tricolor empatará com o Timão com os mesmos 25 pontos mas lideraria com uma vitória a mais.
O jogo começou em um ritmo agitado já que as duas equipes pegavam a bola e partiam com tudo para o ataque mas sem nenhuma lucidez nenhuma jogada de gol era criada. Apenas aos 8 minuto do primeiro tempo, Paulinho arrancou pelo meio e tocou para Liedson que devolveu para Paulinho bater cruzado para fora. Depois dos dez minutos iniciais o ritmo frenético foi deixado de lado e o corinthians não conseguia passar pela forte marcação da Macaca campineira.
Os principais jogadores do Corinthians também não estavam inspirados. Bruno César e Morais encarregados de armar as chances de gol para Liedson não produziam nada. Dentinho jogando pelos lados era quem mais buscava o jogo, em alguns momentos caía pela direita em outros pela esquerda, mas também não conseguia deixar o centrovante em condições de abrir o placar. A saída de jogo era com os laterais mas Gil da Ponte Preta anulou Fábio Santos e Alessandro não passava pelo lateral ponte pretano João Paulo. A Ponte Preta não conseguia espaços para acertar o contra ataque, então o resultado não poderia sair do zero. Na única vez que Morais se desvenciliou da marcação o meia passou por dois marcadores, chegou até a linha de fundo, desequilibrado cruzou para Dentinho vindo de trás, o atacante bateu de chapa mais a zaga cortou, assim acabou o primeiro tempo 0 x 0.
Para o segundo tempo nenhum dos treinadores fizeram modificações e a Ponte resolveu sair para jogar, com mais posse de bola a Macaca manteve a forte marcação. Aos 12 minutos, em uma bola perdida por Alessandro no meio de campo, Éverton Santos, que já jogou no Corinthians,  arrancou pelo meio da defesa do Timão, ganhou do lateral direito na corrida e antes de entrar  na meia lua da área, de frente para o gol bateu forte, o chute poderia ter sido defendido por Julio Cesar, como o goleiro não pegou, gol da Ponte.
Com 1 X 0 contra, o Corinthians tratou de buscar a igualdade no placar, aos 14 minutos Paulinho bateu firme para defesa do goleiro campineiro. Aos 19 minutos do segundo tempo o treinador Tite, resolveu apostar em Edno, no lugar do apagado Morais. E logo aos 22 Edno teve a chance de empatar, ao receber passe de Liedson, mas o atacante não finalizou com precisão e mandou  para fora.
O que se viu depois foi o Corinthians tentando o gol, mas sem organização, a defesa ponte pretana freava o ímpeto do Timão. A defesa da ponte estava bem protegida pelos volantes e o Corinthians não conseguia trocar passes na entrada da área, sem nenhum jogador para levantar a bola para área com eficiência, e errando sempre o último passe para deixar Liedson com chances de empatar o jogo, a invencibilidade era perdida.

(Foto: Uol)








Dentinho lamenta chance desperdiçada

Dentinho teve a chance de empatar aos 48 minutos, após cruzamento para área, Leandro Castán escorou e o atacante cabeceou sozinho no travessão, com isso o último invicto do campeonato foi derrotado. Essa foi a primeira derrota do Timão no Pacaembu depois de cinco meses.
Agora o Corinthians volta a campo no domingo, às 16:00 horas contra o Mirassol no interior paulista.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 1 PONTE PRETA

Local:
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 9 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Philippe Lombard
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Marco Antonio de Andrade Motta Júnior
Assistentes adicionais: Marcelo Rogério e Norberto Luciano Santos da Silveira
Público: 12.126 pagantes (total de 13.071)
Renda: R$ 354.996,50
Cartões amarelos: Fábio Santos e Cachito Ramírez (Corinthians); Ricardinho, Ferron, Leandro Silva e Mancuso (Ponte Preta)
Gols: PONTE PRETA: Éverton Santos, aos 12 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro (Willian), Wallace, Leandro Castán e Fábio Santos (Cachito Ramírez); Ralf, Paulinho, Morais (Edno) e Bruno César; Dentinho e Liedson
Técnico: Tite

PONTE PRETA: Bruno; Guilherme, Ferron, Leandro Silva e João Paulo; Mancuso (Gerson), Josimar, Gil e Ricardinho (Tiago Luís); Éverton Santos e Márcio Diogo (Válber)
Técnico: Gilson Kleina



Postado por: Felipe Fernandes

3 comentários:

  1. a ponte do deu um chute no no gol do nosso timao e foi gol e como sempre e fato que para o brasileiro o corinthians tem que trazer um meia bom de bola que os que tem la e so para completa o elenco

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com você Rodrigo, o Corinthians precisa de um meia armador que possa decidir a partida em um lance, já que Morais mostrou se inconstante e Bruno César anda devendo,talvez o sucesso tenha afetado seu rendimento em campo, já que seu futebol desapareceu. Dentinho é "uma no cravo e outra na ferradura" então um atacante para jogar dos lados do campo seria importante também. Outra posição que carece de reforços são as laterais, principalmente a esquerda, ou o amigo confia em Fábio Santos? Mas é isso Rodrigo, Liedson sozinho não trará canecos para o coringão. Obrigado pelo post, e continue acessando o blog que é para vocês torcedores e amantes do futebol e sempre deixe um comentário, além de divulgar o blog com seus amigos. Queremos a participação de vocês torcedores, em breve teremos mais novidades no blog. O que achou da série meu jogo eterno? mande nos pedidos sobre os jogos marcantes em suas suas vidas, vale jogo de título ou jogo normal, mande-nos sugestões, contamos com a participação de todos.

    ResponderExcluir